Lançamento do livro "O Uso de Plantas Psicoativas nas Américas: Plantas, Conhecimentos Indígenas e Ação Política"

Lançamento do livro O Uso de Plantas Psicoativas nas Américas: Plantas, Conhecimentos Indígenas e Ação Política e mesa redonda com:
- Dra. Sandra Lucia Goulart (Faculdade Cásper Líbero)
- Dra. Joana Cabral de Oliveira (Unicamp/IFCH/Programa de Antropologia)
- Aline Ferreira Oliveira (Doutorando PPGAS/USP)  
- Guilherme Meneses (Doutorando PPGAS/USP)

Referência Completa/Livro:
- O Uso de Plantas Psicoativas nas Américas. LABATE, Beatriz Caiuby; GOULART, Sandra Lucia (Orgs.). Rio de Janeiro: Gramma, 2019. 372 p. ISBN 978-85-5968-602-9. e-ISBN 978-85-5968-601-2.  

Resumo do Livro:
Esta coletânea apresenta dezessete capítulos que abordam os usos de diferentes plantas em contextos indígenas e não indígenas. Os capítulos do livro apresentam dados etnográficos bastante atuais sobre formas de elaboração e consumo de uma extensa gama de substâncias existentes entre diferentes grupos e regiões das Américas, abrangendo sete países: Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, México, EUA e Canadá.
Trata-se de substâncias como: o tabaco fumado; a ayahuasca; a Cannabis sativa; o vinho da jurema; os cogumelos e o peiote do México; as folhas de coca; a poderosa e perigosa Brugmansia (toé); as inebriantes e tóxicas mandiocas-bravas; e, ainda, as “medicinas da floresta”, como o rapé, o kambô e a sananga, que vicejam nos circuitos urbanos contemporâneos.
Há um destaque, na obra, para os cenários que expressam intermediações e tensões entre usos indígenas e não indígenas destas plantas e substâncias. Os vários capítulos abordam eventos que são simultaneamente locais e transnacionais. As discussões desta coletânea nos permitem repensar categorias clássicas, como: tradicional e moderno, ou sagrado e profano. Os capítulos trazem contribuições para temas como: xamanismo; pensamento e filosofia indígenas; gênero; e agência de seres e espécies diversas.  
Não se trata de um livro sobre plantas, e sim sobre as histórias dos entrelaçamentos de plantas e humanos. 
O que estas plantas podem nos contar sobre as inter-relações entre humanos e não humanos? Como a história destes outros seres se entrelaça com a nossa história? 
O Uso de Plantas Psicoativas nas Américas é um convite para um colóquio entre plantas e gentes!  

Local
Avenida Professor Luciano Gualberto, 315 - Prédio das Ciências Sociais - Sala 24